segunda-feira, 21 de setembro de 2009

É nosso mesmo?

Rosana Cambuy

E lá vem ele de novo. De marolinhas aos atuais tsunamis, ele chegou ao fundo do mar.
Pré-sal, companheiros. Agora dele todo o mundo vai ouvir falar.
De um jeito ou de outro não se deixa afundar. Contanto que esteja de vento em poupa, o que interessa é alardear. Alardear fim da recessão; crescimento econômico e, agora, as reservas de petróleo descobertas na camada pré-sal.
Atos secretos, privilégios, passagens aéreas, trocas de insultos, deixa a onda levar.
Ah! O pré-sal. E a Petrobrás “orgulho e patrimônio brasileiro” permitirá algum benefício ao povo brasileiro?
Por acaso, iremos pagar menos por nossa gasolina?
Olho pra trás e penso no presente que o período Jurássico nos deixou e sem querer ser ave de mau agouro...
Então, companheiros, vamos comemorar nosso passaporte para o futuro!


Sobre a autora:


Rosana Cambuy de Souza nasceu em São Francisco, São Paulo em 1968. Professora da rede estadual de ensino há 15 anos. É formada em Letras e Pedagogia pelo Instituto Salesiano D. Bosco. Leciona na Escola Jonas há 4 anos.
Apaixonou-se pela literatura aos 14 anos ao ler o romance Clarissa, de Érico Veríssimo e toda sua obra.

2 comentários:

  1. Sonia S.Lomba Delirio22 de setembro de 2009 20:30

    Rosana, parabéns pela sua dedicação e criatividade!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que criatividade!!!! É! E ESSE É O NOSSO BRASIL!Parabéns!

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar...