segunda-feira, 30 de novembro de 2009

É dia de cinema

Luciana Beatriz de Leão

Num fim de semana desses, fui até um hotel cinco estrelas para aproveitar suas maravilhas. Busquei a qualidade de seus serviços, afinal todo mundo merece um dia de cinema.

Era um tal de “o que a senhorita deseja?”, “está servida?”, “quer mais alguma coisa?”. Prato sujo pra lá, prato limpo pra cá, “outro talher senhorita?”. Definitivamente acabei me sentindo a “important person”- desculpe meu inglês.

E os valiosos pratos sofisticados - tinham cada nome - se não conhecesse um pouco do estrangeirismo, literalmente, estava na roça, perdida memo, sô... como diziam meus antepassados. Sem contar as belas sobremesas surreais que ainda me dão água na boca. Hum, que delícia!!!

Depois de viver diferentes sensações e voltar para a rotina, de uma coisa tive certeza: é muito bom ser tratada dignamente, nos faz sentir mais confiantes, otimistas. Uma renovação para enfrentarmos as adversidades da vida, mesmo por uma simples gentileza de um garçom.

No cinema podemos estar todos os dias. Só depende de nós!

Sobre a autora

Luciana Beatriz de Leão,29.
"Passei minha infância no Noroeste Paulista; cursei Letras na FAI - Soler, na cidade de Jales e, atualmente, leciono na rede estadual de ensino, nas escolas: E.E. ProfªSebastiana Paié Rodella, em Americana  e E.E. Profº Antonio Matarazzo, Santa Bárbara d'Oeste."

7 comentários:

  1. Olá Luciana, gostei do seu texto, quando iniciei a leitura, não sei porque, achei que você fosse fazer referência aos nossos respeitáveis políticos. Eles são tratados como “important person” constantemente. A diferença é que eles deixam de sentir-se otimistas e confiantes quando a mídia divulga as imagens em que eles aparecem em situação "constrangedora" para os homens de bem.

    Maria de Lourdes Angelo

    ResponderExcluir
  2. Oi, gostei de sua crônica, muito agradavel de ler.

    ResponderExcluir
  3. Você me fez lembrar o quanto a profissão do professor está desvalorizada.Se tornando cada vez simploria ,mediocre e insignificante .Quando você valoriza o garçom e observa a gentileza em um simples garçom .Dons que não se vê mais entre a classe de professores e principalmente nesta geração que esta por vir.Onde estão as gentilezas? O bom dia ? Por favor ? Obrigado ?Em que século está linguagem se perdeu?!!!Será que isso é coisa do século 21 ??!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Você me fez lembrar o quando a classe dos professores é desvalorizada,quando você enaltece a gentileza do garçom.Onde será que ficou a dignidade e a valorização do professor ? Muitos não podem viajar, muito menos planejar uma reforma ou um curso que o capacite um inglês fluente.Tal desvalorização nos deixa indignados .Onde fica essas gentilezas,merecimentos e a interação pela classe?!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. bem legal seu texto ..todos merecemos um dia de cinema ...

    ResponderExcluir
  6. Luciana parabéns pela sua cronica.

    ResponderExcluir
  7. Adorei seu posting! Show! Você deu um overview importante sobre o nosso marketing share linguístico, nossa necessidade em full time de termos know how sobre a lingua inglesa...rs..brincadeiras a parte ficou muito bom!

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar...